CEAGESP - Migração de Windows para Linux.

A falta de suporte e a impossibilitado de crescer o número de usuários pois o número de licenças estava perto de ser excedido fez a Ceagesp migrar de windows para linux.

O Cliente:

A CEAGESP (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo) surgiu em 1969, da fusão de duas empresas: o CEASA e a CAGESP. Desde o início, a Companhia centraliza o abastecimento de boa parte do País e rapidamente consolidou sua atuação nas áreas de comercialização de hortícolas e armazenagem de grãos. Atualmente, mantém onze unidades no interior, próximas a pólos de produção e consumo.

A CEAGESP atua em três áreas:

Armazenagem: mantém a maior rede pública de armazéns, silos e graneleiros do Estado.

Atacado: O entreposto de São Paulo é considerado um dos maiores centros de comercialização atacadista de perecíveis do mundo.

Varejo: A dona de casa pode fazer suas compras no 'varejão'. Atualmente são realizados três varejões por semana, movimentando mais de 250 toneladas de produtos mensalmente.

Necessidades:

O sistema operacional estava sem suporte (Windows NT 4.0), havia falta de integração do servidor de domínio e do servidor de e-mail e o Ceagesp estava impossibilitado de crescer o número de usuários (número de licenças perto de ser excedido).

Além destes problemas a CEAGESP tinha outras necessidades:

    Administração centralizada;

    Aumento de desempenho;

    Tolerância à falhas;

    Log de eventos e auditoria;

    Interligar unidades do interior com a matriz;

    Unificação de senhas;

    Controlar o acesso à Internet.

Solução:

Após analisar algumas possibilidades como: Atualizar somente o hardware; Atualizar para o Windows 2003 com Exchange e ISA Server, Atualizar para Linux com Qmail e Samba, a Ceagesp optou por passar a utilizar softwares livres.

A solução com software livre foi escolhida porque apresenta a melhor relação custo/benefício e exige menos hardware em relação às outras soluções.

Resultados Obtidos:

A solução implementada gerou vários benefícios como:

    Administração centralizada de usuários e senhas;

    Melhor desempenho;

    Suporte a um maior número de usuários;

    Implementação de novos serviços, como VPN.

Compartilhe esta página