Replicação distribuída: banco de dados PostgreSQL para redes varejistas

No comércio varejista, um sistema parado é queda de faturamento na certa. A comunicação entre matriz e filiais não pode parar e o banco de dados tem que estar sempre disponível. A solução de replicação Bucardo permitiu isso.
Os Clientes:
 
A 4Linux possui dois clientes distintos que implementaram soluções de replicação de dados no esquema Matriz <-> Filiais. São grandes varejistas e líderes do setor em suas regiões.
 
Necessidade:
 
Replicar dados de forma granular e bidirecional entre a matriz e as filiais. Todos os pontos devem ser capazes de funcionar de maneira autônoma e independentes de disponibilidade do link de Internet, sendo capazes de continuar a replicação após recuperação do link em caso de queda.
 
Desafios:
 
Granularidade, seleção de quais dados replicar, robustez e disponibilidade, alta disponibilidade no servidor da Matriz. Documentação e replicabilidade da implementação para expansão dos negócios. O desempenho deve acompanhar a quantidade de transações e consumir pouca banda.
 
Solução:
 
Utilização do Bucardo como solução de replicação remota e streaming-replication para alta disponibilidade na matriz. Modificação do modelo de dados do cliente com o menor impacto possível na aplicação já existente. Criação de objetos avançados de banco de dados que permitem a independência, granularidade, deduplicação, interdependência quando necessário e controle completo do fluxo de processo para rastreabilidade.
 
Resultados obtidos:
 
A replicação granular utilizando componentes de infraestrutura evita o alto custo e riscos de desenvolvimento de solução no nível da aplicação, sem criar novos problemas como:
  • uso de arquivos de texto, sujeitos a erros de transmissão e inconsistência;
  • transferências inseguras por ftp;
  • escrita de código não relacionado ao negócio com aumento de custo;
  • dependência de tecnologias e protocolos não padronizados.

A replicação como implementada se mostrou robusta, retoma sozinha a transmissão após reconexão de link, funciona sobre VPN, utiliza protocolo aberto do PostgreSQL, não gera inconsistência pois o respeito ao modelo relacional do banco de dados é parte do projeto, utiliza soluções comprovadas mundialmente e com suporte de alto nível da equipe 4Linux que diminui o TCO e garante que a solução será entregue em estado funcional.

Compartilhe esta página