10 motivos para implantar Infraestrutura Ágil

Friday, 9 de December de 2016

Infraestrutura Ágil é um conjunto de automações que permite a área de operações realizar alterações frequentes na infraestrutura sem comprometimento da segurança. Com a Infraestrutura Ágil, servidores totalmente funcionais, já validados e seguros, são provisionados em poucos minutos, em vez de dias ou semanas. O trabalho que envolvia ações manuais de analistas passa a ser realizado automaticamente e sem intervenções, com testes automatizados para garantia dos ambientes.

Surgiu como parte da prática DevOps, para solucionar o desafio inerente a toda empresa que adota alguma metodologia de Desenvolvimento ágil: fazer 'deploys' de novas e constantes versões de softwares em desenvolvimento na mesma velocidade em que são criadas. No processo tradicionalmente em uso, qualquer modificação na infraestrutura precisa ser amplamente avaliada antes de ser aprovada, o que vai na contramão do Desenvolvimento Ágil.

Conheça 10 motivos para você implantar uma infra estrutura ágil

  • Padronização: configurações na infraestrutura não são mais definidas manualmente e passam a ser aplicadas com base em scripts de execução de simples interpretação. Alterações feitas manualmente e sem consentimento prévio são automaticamente desfeitas. Os scripts de execução podem compreender desde a criação de uma máquina virtual à configuração e instalação de softwares em servidores.
  • Preservação: como as definições da infraestrutura estarão definidas em scripts de execução, a empresa garante o conhecimento sobre seus ambientes e que poderá refazê-los sempre que necessário, sem surpresas em meio ao processo.
  • Eficiência: modificações são realizadas em minutos e podem ser facilmente revertidas. Ferramentas de automação farão todo o trabalho antes realizado manualmente. Menos pessoas são necessárias para realização de mais tarefas.
  • Versionamento: cada nova alteração nos scripts de execução é mantida no programa de versionamento para histórico de todas as configurações já aplicadas na empresa. Alterações podem ser automaticamente detectadas e aplicadas ou mediante solicitação via interface web.
  • Controle: É possível identificar os responsáveis por qualquer alteração na infraestrutura para auditoria.
  • Segurança: testes autônomos podem ser realizados a cada nova alteração na infraestrutura. Uma interface web informa visualmente se houve falhas na aplicação de uma nova configuração. Se for identificado um erro, as modificações são automaticamente desfeitas e notificações são enviadas aos responsáveis.
  • Otimização: novos servidores poderão ser criados temporariamente apenas para execução de tarefas pontuais, como a execução de testes automatizados e compilações. Ambientes podem ser provisionados automaticamente quando detectada alta demanda por recursos, em vez de manter vários servidores sempre ativados. Redução significativa com custos Cloud Computing.
  • Integração: Infraestrutura Ágil pode ser parte de um processo para desenvolvimento ágil para adoção dos conceitos de Entrega Continua ou Deploy Contínuo. Faça deploy frequentes de novas versões de softwares em desenvolvimento na velocidade em que são criados. As configurações de servidores podem ser versionadas juntamente ao código da aplicação que a utiliza para que versões da infraestrutura e da aplicação evoluam juntos. Visão focado em projeto.
  • Acessível: pode ser aplicada a qualquer empresa. As automações podem ser implementadas em diferentes níveis de abrangência, desde de ambientes completos a um único servidor.
  • Compatibilidade: Ambientes baseada tanto em Linux ou Windows poderão ser otimizados.

Projetos de consultoria   Tecnologias suportadas   Workshop Infra ágil

Compartilhe esta página