Cloud é Linux!

Durante o evento de inauguração da nova sede da 4Linux, Francisco Saito ministrou a palestra "Cloud é Linux". Agora, você pode conferir os slides desta apresentação e uma entrevista a respeito desta tecnologia.

Monday, 28 de January de 2013

Durante o evento de inauguração da nova sede da 4Linux, Francisco Saito ministrou a palestra "Cloud é Linux".  Agora, você pode conferir os slides desta apresentação e uma entrevista sobre o assunto.

Saito é Diretor de Tecnologia da 4Linux e trabalha com Software Livre e Open Source há mais de 10 anos. Em sua palestra demonstrou a expressiva inter-relação entre as tecnologias Linux e de Cloud Computing, que estará em grande evidência nos próximos anos.  

1. O que é Cloud? O que é computação em nuvem? Cloud ou Computação em nuvem é um modelo comercial e uma terminologia em TI. Como modelo comercial, cloud é uma forma de comercializar recursos computacionais para clientes no formato pague pelo uso, seja em capacidade, seja em tempo de uso. A terminologia geral em TI usa um conceito bastante parecido onde a Cloud é um modelo para disponibilizar recursos computacionais sob demanda que são fornecidos de forma gerenciada e automatizada para clientes internos e externos. Diversas tecnologias são necessárias para que isso seja possível na prática. Desde a virtualização de servidores físicos permitindo compartilhamento até tecnologias avançadas de computação distribuída para que seja possível por exemplo disponibilizar recursos de máquinas distintas de forma somada.

2. O que motiva o uso da Cloud? A motivação principal é diminuir a complexidade do ambiente interno de TI. O ambiente Cloud permite provisionamento e gerenciamento simplificado da infraestrutura de TI e no caso de uso de Clouds públicas como Amazon AWS, Rackspace ou Microsoft Azure, transferem grande parte do ônus de garantia de disponibilidade para o provedor Cloud (redundância de links, eletricidade, resiliência). Este provisionamento automatizado dentro da Cloud permite ainda que escalabilidade horizontal e recuperação em casos de desastres possa ser feita de maneira menos dispendiosa em comparação com máquinas físicas.

3. Além da redução de custos, você pode citar outros motivos fundamentais para a utilização de Cloud? Inovar, experimentar são pontos em que a Cloud é excepcional. Com baixo investimento e sem os custos tradicionais do processo de aquisição de ativos de TI, a Cloud permite laboratórios de forma ágil e desburocratizada. Também permite que ambientes inteiros de desenvolvimento e homologação sejam ligados e desligados sob demanda. Isso permite controle financeiro eficiente sobre os custos de um projeto. 4. A Cloud vai aumentar a demanda por profissionais Linux? Sim, a boa notícia é que profissionais Linux bem capacitados podem atuar tanto no mundo físico como na Cloud.

Compartilhe esta página