Crise econômica mundial alavancará ainda mais o software livre

Nos últimos meses ouvimos e lemos inúmeras notícias falando sobre a crise econômica mundial que assola todos os países. Em momentos de arrocho nos orçamentos a busca por novas tecnologias que reduzem custos e que são estratégicas para a empresa vo...

Tuesday, 18 de November de 2008

Profissionais especialistas em software livre serão os mais requisitados pelas empresas em função da crise. Nos últimos meses ouvimos e lemos inúmeras notícias falando sobre a crise econômica mundial que assola todos os países. Todos nós estamos nos perguntado quando ela chegará de fato ao Brasil e mais precisamente a área de TI já que até o momento poucas empresas nesta área anunciaram cortes aqui no Brasil. É um fato que a crise chegará ao Brasil bem maior do que a 'marolinha' que o nosso presidente e todos nós gostássemos que fosse. Como em todas as crises – e está não será diferente – surgem oportunidades e quem ficar atento e se antever aos problemas poderá passar com mais facilidade pelos momentos difíceis que devemos enfrentar pela frente. Em momentos de economia aquecida como a que vínhamos vivendo até recentemente a urgência e os prazos – geralmente para 'ontem'- sobrepõem a uma análise mais aprofundada de estratégia e preços. Os CIOs não têm tempo para se preocupar com isso pois precisam entregar sistemas sempre com prazos apertadíssimos. Em momentos de arrocho nos orçamentos a busca por novas tecnologias que reduzem custos e que são estratégicas para a empresa voltam a ser urgentes, já que nunca deixam de ser importantes. Neste cenário, o software livre volta novamente a ganhar destaque e por isso já foi notícia recentemente em grandes veículos de comunicação da área de TI ( vide abaixo). “Se a vida nos dá um limão, devemos fazer dele uma limonada ou até mesmo uma caipirinha. Não devemos ficar reclamando. Devemos agir e se posicionar para passar pela crise. Para os profissionais de TI eu recomendaria conhecer o linux e o software livre como uma 'boa limonada' neste momento de crise global. Já tenho observado empresas que tinham deixado projetos de migração para linux em 'banho maria' já nos contactarem novamente para retomarmos estes projetos", afirma Rodolfo Gobbi, Diretor Geral da 4Linux. Neste cenário, se os profissionais que conhecem linux e software livre já estavam bem posicionados no mercado de trabalho ficarão melhor ainda e novas oportunidades surgirão para aqueles que estiverem aptos a ocupar estas novas vagas que surgirão.

O Exército Brasileiro acaba de preparar um edital sobre projetos envolvendo profissionais de Software Livre. Confira: http://www.41ct.eb.mil.br/edital.pdf

Compartilhe esta página