Funcionário da 4Linux participa da criação das provas de certificação da Linux Foundation.

Gerente de Desenvolvimento foi o único brasileiro participante do seleto grupo de trabalho.

Tuesday, 15 de August de 2017

As provas de certificação da Linux Foundation passam constantemente por revisões e atualizações. Em 2013, William Welter já havia participado do grupo que criou as provas de certificação Linux da Linux Foundation e agora foi convidado para participar dos trabalhos de atualização e revisão das provas.

A área de marketing da 4Linux entrevistou o William Welter para ele nos contar como foi esta experiência.

  • Onde o grupo de trabalho se encontrou?

O grupo de trabalho se reuniu em San Francisco  na Califórnia -USA. A Linux Foundation fica situada próxima a Golden Gate em um  parque denominado “Presidio”, este nome se deve ao fato desta área ter sido um forte militar que em espanhol se chama presidio. No primeiro dia fizemos um tour e tivemos a oportunidade de conhecer a Yoda Fountain e a Lucas Films que também ficam sediadas neste parque.

  •  Qual o tamanho deste grupo de trabalho?

Éramos em poucas pessoas, mas todos muito "feras" em linux. O grupo era composto por 4 americanos, um austríaco, um argelino, um de trindade e tobago, um australiano e um indiano. 

  • No que consistiu este trabalho?

Inicialmente fizemos a revisão dos domínios das provas LFCA e LCFE e logo na sequência iniciamos a revisão  das tarefas que administradores e engenheiros costumam realizar dentro de cada domínio. Após revisar os domínios e tarefas,  começamos a criar rascunhos de questões em cada uma das tarefas definidas. Com a fase de rascunhos encerrada, iniciamos a criação das questões em si, que  envolvem definição de um contexto, a questão propriamente dita, como validar se o candidato executou a tarefa corretamente e a resolução da questão para validar se a questão está correta com intuito de ser usado em testes automatizados para controle de qualidade. Neste momento cada membro da time ficou responsável por um dos domínios de uma prova e teve de criar um número X de questões de acordo com o peso do domínio na prova. Um ponto interessante é que como o candidato pode escolher a distribuição  Linux que quer realizar a prova, questões que não agnósticas a distribuição precisam ter as validações e resolução descritas em Ubuntu, CentOS e Suse. 

  • O que você fizeram no terceiro e quarto dias de trabalho?

No terceiro dia concluímos a escrita das questões e cada membro apresentou uma de suas questões para o time utilizando uma máquina similar a que o candidato irá realizar o teste. Após esta etapa, foi realizada uma revisão com todo o time para detectar se tarefas importantes ficaram sem questões. Realizada a revisão, algumas questões foram descartas e novas foram criadas com intuito de cobrir os assuntos que o time julgou mais relevante dentro de cada domínio.
Para encerrar os trabalhos, realizamos revisão das questões de forma que cada membro ficou responsável por revisar o domínio de outro membro. Ao fim do quarto dia conseguimos concluir os dois testes (LFCA e LFCE) com todas as questões já revisadas.

  •  Os novos domínios, tarefas e questões mudarão muito a prova em relação a atual? Os cursos da 4Linux estão preparados para atender estas novas provas?

O que posso falar no momento é que com esta revisão as provas ficarão bem mais modernas e novos assuntos serão cobrados. Eu não trabalho mais com treinamentos na 4Linux pois agora sou gerente de desenvolvimento do projeto www.rankdone.com idealizado pela 4Linux mas pelo que converso com a Gabriela Dias, que é a Diretora de Operações da 4linux, os cursos da 4Linux passam constantemente por atualizações e acredito que eles estão bem atualizados e se adaptarão rapidamente as novidades da novas provas de certificação da Linux Foundation.

William, agradecemos sua participação.

Cursos 4Linux Consultoria Contato

Compartilhe esta página