Personalidades Internacionais visitam a 4Linux e o HackerTeen

Representantes da Harvard Business School, da Linux International e do Linux Professional Institute conheceram um pouco sobre a 4Linux e o HackerTee

Monday, 27 de June de 2005

Nas últimas semanas a 4Linux viveu momentos de intensa agitação recebendo as visitas de personalidades do mundo acadêmico e do software livre. Estas visitas mostram o reconhecimento pelo trabalho sério e de qualidade que a empresa vem fazendo quando se trata da adoção de linux e software livre nas empresas. Kerry Herman , pesquisadora sênior da Harvard Business School, esteve no Brasil para estudar o movimento do software livre para um estudo encomendado pelo Banco Mundial . Uma das empresas visitadas foi a 4Linux. Kerry ficou impressionada com o projeto HackerTeen e com o seu modelo de negócio.” O projeto HackerTeen é inovador, único no mundo e contém os ingredientes necessários para ser um projeto economicamente viável e um tremendo sucesso mundial. “ , disse Kerry Herman. Jon Maddog Hall é considerado o Embaixador do Linux. Como presidente da organização Linux International ele viaja o mundo proferindo palestras objetivando mostrar as vantagens de se adotar o Linux e outros softwares livres. Ele esteve no Brasil para preferir palestra no Fórum Internacional do Software Livre e no retorno de Porto Alegre ficou em São Paulo onde se encontrou com alunos do HackerTeen para um animado bate papo sobre Linux , segurança,emprego e hackers. Maddog também participou do evento organizado pelo HackerTeen “Troque games por estudo em computação” onde proferiu dentro das instalações da IBM Brasil a palestra “ Como ganhar R$10 milhões de reais” onde mostrou as inúmeras oportunidades que o software livre abre para jovens ( e não tão jovens) empreendedores. Evan Leibovich é o Fundador e Presidente Mundial do LPI- Linux Professsional Institute , o organismo que certifica profissionais em Linux que mais cresce no mundo. Evan esteve com Jon Maddog no bate papo com os alunos do HackerTeen e ficou impressionado com alguns adolescentes que antes dos 15 anos já estão aprendendo Linux e se tornando administradores de sistemas. “ Acredito que o mais jovens profissional certificado em Linux em todo o mundo pode vir do Brasil e pelo que vi ele pode sair de dentro do projeto HackerTeen”, afirmou euforicamente Leibovich. “A 4Linux e seus colaboradores sentem-se orgulhosos por receber visitas tão ilustres. Isso é uma prova do reconhecimento que estamos tendo por prestar serviços com pioneirismo e qualidade”, afirmou Rodolfo Gobbi , presidente da 4Linux.

Compartilhe esta página