Por que aprender Técnicas de Computação Forense?

Quais as principais diferenças entre a proposta do curso de “Segurança em Servidores Linux” e do curso Técnicas de Computação Forense? O perfil profissional muda bastante?

Wednesday, 19 de March de 2014

 

 

Após a publicação do artigo: “Por que um sysadmin deveria aprender segurança em servidores Linux?” a 4Linux decidiu continuar com a temática e, desta vez, abordar outro tema muito relevante: “Técnicas de Computação Forense”. Para isto, entrevistamos Alan Filho, especialista em Segurança de Sistemas da 4Linux.

 

Confira o bate-papo:

 

4Linux: Quais as principais diferenças entre a proposta do curso de “Segurança em Servidores Linux” e do curso “Técnicas de Computação Forense?” O perfil profissional muda bastante?

 

Alan Filho: São duas frentes bastante distintas na área de Segurança da Informação, assim como o curso de Pen Test. Digo frentes distintas e cito o curso de Pen Test porque cada um deles é uma ramificação específica na SI mas, de uma maneira geral, acabam se relacionando e se complementando no final, quando o que importa é a segurança.

 

Quando falamos em Técnicas de Computação Forense, estamos nos referindo ao estudo de casos em cenários onde houve qualquer tipo de violação de leis (quando ela existe e está vigente no local da análise) ou tudo o que seja passível de investigação jurídica. Essa necessidade existe por conta da utilização de meios eletrônicos e digitais ao se cometer tais ações. Então, o curso fornece ao aluno alguns "estudos de caso" e situações onde serão utilizados métodos e ferramentas para que a investigação possa ser conduzida de forma a se chegar num resultado (a descoberta do ocorrido) e apresentá-lo em um relatório oficial.

 

O paralelo que podemos traçar com o curso de segurança é: enquanto o curso de Segurança em Servidores Linux traz formas de se deixar um ambiente mais seguro, quando ou se essa segurança for posta abaixo, o curso “Técnicas de Computação Forense” mostra quais são as formas de se analisar minuciosamente o ocorrido.

 

Por exemplo, um computador infectado precisa de uma análise de forma a se obter resultados do tipo: como ocorreu a infecção, quais arquivos foram afetados, se houve alastramento da infecção, qual é o tipo de infecção, etc.

 

O profissional dessa área tende a ter a curiosidade aguçada, além de perspicácia e ser um bom observador, não descartar hipóteses plausíveis, e não deixar nenhum detalhe passar, são características naturais do Analista Forense. Além disso, é de suma importância conhecimentos a respeito de S.O (aqui de forma geral, GNU/Linux, Microsoft Windows, etc.) pois eles trazem recursos nativos importantes na coleta de dados para análise.

 

 

4Linux: Existe algum concurso público que demande este tipo de conhecimento específico?

 

Alan Filho: É comum vermos editais publicados para concursos de Perito Criminal em Computação para a polícia federal. Além disso, existe uma crescente demanda de consultores com expertise na área para atuar em casos dentro de empresas privadas.

 

4Linux: Quais as certificações o aluno após pode prestar após participar deste curso?

 

Alan Filho: Após a conclusão e optando por seguir na área de Computação Forense, o profissional encontra alguns programas de capacitação e certificação, como por exemplo:

 

- CHFI - Computer Hacking Forensic Investigator aplicada pela EC-Council (mesma empresa que aplica ECSA, CEH e LPT, certificações de Segurança e Pen Test, respectivamente);

 

- GCFA - GIAC Certified Forensic Analyst;

 

- GCFE - GIAC Certified Forensic Examiner;

 

- GREM - GIAC Reverse Engineering Malware;

 

As três certificações acima são aplicadas pela SANS.

 

4Linux: Quem deveria aprender “Técnicas de Computação Forense”?

 

Alan Filho: Pessoas interessadas em seguir a carreira de Analista Forense Computacional cujo conhecimento técnico de Sistemas Operacionais e Rede TCP/IP (sem a necessidade de conhecimentos avançados em serviços). É opcional o conhecimento de hardware em baixo nível (para análise de dump de memória, tipos de memória, sistemas de arquivos, etc).

 

 

4Linux: Quais os seus filmes favoritos em que a trama aborda questões relacionadas à investigação forense digital?

 

Alan Filho: Mais do que filmes, existem vários seriados que abordam o assunto de forma geral (não somente a Forense Digital), como os famosos CSI e suas divisões, NCIS (esse conta com uma personagem Analista Forense Digital chamada Abigail Sciuto, e por último, Bones, a personagem principal é antropóloga forense.

 

Um dos filmes sobre o tema que ficou mais famoso é “O Colecionador de Ossos”, baseado em um livro.

 

Cursos relacionados

 

 

Mais sobre Segurança

 

Segurança de Software: código aberto versus fechado faz diferença quando tratamos de vulnerabilidades em programas?

 

Compartilhe esta página